# Gordura Abdominal

Olá caros leitores deste saudável e FIT site, o presente post é inspirado  num pedido que nos chegou, que lhes apresentamos nesta frase, a qual ouvimos quase que diariamente: “Eu estou muito contente com o tamanho das minhas pernas e do meu rabo, quero mante-los assim, porém o que incomoda-me é essa minha barriga flácida e estufada de uma senhora obesa de 99 anos que carrega trigémeos. Quero definir a barriga mas manter o restante como está, como faço?”

Bom vamos tentar com toda calma do mundo explicar a esta leitora que isso é algo praticamente impossível. Pois se tu tens um excesso de gordura  numa região, provavelmente o teu percentual de gordura está alto, sendo então que também acumula gordura  noutras regiões, neste caso devo dizer que o corpo jamais elimina gordura de forma localizada, mas como um todo. Então se no presente quer trabalhar com redução de gordura, acabará perdendo medidas nas suas amadas pernas, as quais provavelmente estão volumosas por carregar um excesso de gordura.

Não vamos nos prender a falar sobre pernas e glúteos, pois este pode ser o tema de outro post. E como é dito no título, o foco é a região abdominal, iremos dar ênfase nesta região, porém dicas básicas devem ser introduzidas inicialmente, as quais valerão para sua definição corporal como um todo, ou de alguma forma há quem queira um belo core (abdómen) com um rabo flácido e cheio de celulite ou no caso dos homens braços frágeis? Acredito no conjunto, aliás, a beleza física está aliada a simetria e proporção, então vamos trabalhar o corpo como um todo.

A Dieta  será a responsável pelo seu mau humor e irão separar os homens dos meninos, os merecedores dos fracos e acomodados.

Redução-de-gordura-abdominal

As regras são simples, deve-se manter uma dieta hipocalórica, gastando – se mais calorias do que ingerindo. Os carboidratos devem ser reduzidos a 1a2g/kg corporal. Ou seja, se o senhor pesa cerca de 100kg, ingira entre 100 e 200g de carboidratos por dia. Privilegiando os de baixo índice glicemico, usando alto índice glicemico apenas em horários específicos, como jejum e pós treino. Agora a chave da dieta é o consumo de proteínas, pois estas serão as responsáveis pela manutenção da sua massa muscular, evitando o catabolismo. Ingira entre 3a4g/kg corporal. Gorduras boas devem ser utilizadas, o a azeite de oliva. Outra dica é manter uma suplementação também anticatabólica, utilizando – se ingerir alimentos ricos em vitamina C e proteína, como queijo quark, iogurte grego natural ligeiro, gelatinas com queijo quark etc.

Agora outro tópico importante é a forma de treinar seu abdominal. O abdominal é um músculo como outro qualquer, ou seja, ele precisa de uma sobrecarga para se desenvolver, da mesma forma que você utiliza pesos para fazer agachamento e supino, o abdominal também precisa. A pequena diferença do abdominal para os demais músculos é a sua grande resistência e capacidade de recuperação, então deve – se usar repetições altas, nada de 3 x 100 como muitos acreditam, mas repetições entre 15 e 30, com intervalos curtíssimos, 15 segundos é o necessário para uma nova série, e é claro, treinar abdominais em dias alternados, ou seja, dia sim, dia não. Um muito utilizado é o circuito, onde se usa 3 tipos diferentes de abdominais, cada um focando  nas regiões do core, e realizamos uma série de cada um sem intervalo entre a troca de exercícios, descansando então 15 segundos e partindo para uma nova sessão, totalizando então 5 repetições do circuito.

Ok? Caso ainda precise de algo mais procure um profissional capacitado que possa lhe dar orientações tanto em relação a treino específico como dieta, aconselho é claro um Personal Trainer e um Nutricionista Desportivo.

Gostaríamos de lhes desejar sucesso nesta jornada e mais que isso, paciência. A chave do sucesso no treino é se manter firme e constante. Muitos tem o privilégio de resultados rápidos, porém a maioria dos campeões são aqueles que estão ali batalhando dia após dia na busca do seu propósito de vida e lembrem –se, da mesma forma que NO PAIN NO GAIN, vale a máxima e tão importante:  NO BRAIN NO GAIN.

 

Vamos eliminar essa Gordura! 

 

Fonte: Dicas de treino

 Conceito FIT
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s